4.9
(59)

O quanto você sabe sobre um bombeiro civil?

Muitas pessoas têm a ideia padrão: o bombeiro é sempre aquela pessoa que heroicamente combate os incêndios usando mangueiras e extintores.

Por mais que essa ideia seja verdadeira, existem muitas outras atribuições para o bombeiro civil.

Esse profissional não apenas apaga incêndios, como os previne e atua também em outros tipos de emergências em grandes edificações, eventos ou empresas.

Apesar de haver muitas dúvidas não esclarecidas a respeito do serviço do bombeiro civil, se trata de uma profissão de extrema importância.

Em São Paulo, por exemplo, em todo o Estado, existe uma regulamentação que obriga por lei a contratação de bombeiros civis em estabelecimentos, de acordo com o seu porte.

As maiores dúvidas sobre a profissão do bombeiro civil

Apesar dessa importância e do reconhecimento que esse profissional recebe da população, que se sente mais segura pelo trabalho oferecido, ainda existem muitas dúvidas a respeito da atuação do bombeiro civil.

Leia mais e tire todas as suas dúvidas a seguir.

1- O que faz, afinal, um bombeiro civil?

O bombeiro civil é o profissional que atua em planos de emergência e gestão de riscos do local onde exerce o seu trabalho.

Ele pode trabalhar em empresas, eventos de pequeno e grande porte, shoppings centers e mais, ficando responsável por gerir todos os riscos de incêndio e preveni-los, evitando qualquer situação com potencial de se tornar uma emergência.

É o bombeiro civil quem inspeciona diariamente em uma rotina organizada os equipamentos de combate a incêndio e acompanha as atividades que que tragam riscos para a edificação onde ele atua.

Cabe ao bombeiro civil zelar pela preservação de vidas das pessoas que transitam pelo ambiente onde ele trabalha, desenvolvendo sempre planos de emergência para que as vidas sejam preservadas.

Além da prevenção, o bombeiro civil também é responsável por prestar primeiros socorros a pessoas em situações de necessidade, sejam vítimas de acidentes ou alguém que se sente mal subitamente, até que se chame o resgate.

2- As empresas são obrigadas por lei a contratarem um bombeiro civil?

Federalmente, não existe uma lei que obrigue as empresas a contratarem bombeiros civis, mas essa resposta varia de acordo com a legislação local de cada Estado ou Município. Cada local tem as suas próprias exigências.

Como citado acima, no estado de São Paulo, por exemplo, é obrigatória a contratação de bombeiros civis em eventos, shoppings centers, supermercados de grande porte, campus universitários, grandes lojas de departamentos e etc.

3- Como um bombeiro civil pode atuar no mercado?

As oportunidades de atuação para um bombeiro civil no mercado de trabalho são mais amplas do que muitas pessoas imaginam.

Ele pode exercer a profissão como profissional empregado, diretamente com a empresa que necessite desse trabalho, como profissional terceirizado, autônomo em eventos e etc.

A lei que regulamentou a profissão do bombeiro civil também previu uma carreira para esse profissional, classificando o bombeiro em três diferentes categorias:

Bombeiro civil: com curso básico de bombeiro, recebendo cerca de dois salários mínimos.

Bombeiro civil líder: com curso técnico de nível médio, incluindo disciplina de comando de equipe, prevenção e combate a incêndio, e piso salarial de cerca de três salários mínimos.

Bombeiro civil mestre: engenheiro formado, especializado em prevenção e combate a incêndio, que será responsável pelo comando da unidade de trabalho, recebendo em torno de 8 salários mínimos.

Todos esses profissionais recebem gratificações de periculosidade e seguro de vida, além do salário.

A atuação do bombeiro civil no mercado de trabalho vai depender principalmente da sua especialização.

4- Como é a formação do bombeiro civil?

Além de fazer o curso básico, o bombeiro civil precisa também passar anualmente por um curso de reciclagem.

O curso inicial do bombeiro civil tem uma carga horária obrigatória de 210 horas, se dividindo em conteúdo prático e teórico.

O curso prático não apenas fornece conhecimento de combate a diferentes formas de incêndio, mas também ensina o manuseio dos equipamentos utilizados nessa função.

A formação também contempla profissionais capacitados em noção básica de resgate e socorro, em terra ou alturas.

Para fazer o curso básico de bombeiro civil, o aluno precisa ser maior de dezoito anos e ter concluído o ensino fundamental, além de ter que ser aprovado no exame médico em até no máximo dois meses antes do concurso.

Depois de esclarecer essas dúvidas sobre a profissão do bombeiro civil, considere investir nessa carreira que garante a segurança e salva vidas.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 59

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Você tem alguma dúvida ou precisa de nossos serviços?

Fale conosco!
Olá! Como podemos ajudar?