5
(5)
Como um bombeiro civil pode se destacar no mercado de trabalho

O que é cilco natural do fogo no Cerrado?

Um distúrbio natural muito comum no Cerrado (e ao redor do mundo) é o fogo. Antes da chegada do homem na América do Sul, tínhamos registros de queimadas no Cerrado. A queimada pode parecer maléfica para a biodiversidade, mas sem o fogo, não teríamos o Cerrado que conhecemos hoje.

Voltando a muitos anos atrás, não encontrávamos árvores e arbustos de médio porte entre capins, como é possível ver atualmente. Antes tínhamos uma floresta parecida com a Amazônica. Porém, após esse período, cerca de 4 milhões de anos atrás, tivemos o surgimento de um tipo de gramínea que devido ser beneficiada de ambientes mais quentes em comparação com outras plantas, ampliou sua distribuição e conseguiu se espalhar pelo mundo. Estas gramíneas quando estão secas, são muito inflamáveis e favorecem o surgimento de queimadas.

O fogo tem muito efeito nas vegetações, ou seja, quanto mais queimadas em curto período de tempo, mais aberta tende a ficar a vegetação (com mais arbustos e capim e menos árvores). Isso ocorre porque queimadas frequentes aumentam a mortalidade de árvores maiores. Já o capim, morre, porém coloniza de forma rápida o local pelas sementes que já se encontravam pelo solo a espera da germinação.

Sua importância

Mas por que o fogo é tão importante para o Cerrado, já que prejudica as árvores e beneficia o capim? Simples! Porque várias espécies de plantas e animais dependem dos ambientes abertos, onde se predomina o capim, para sobreviver.

Esses ambientes não existiriam sem o fogo. O fogo favorece a diversidade de Cerrado que conhecemos atualmente e consequentemente, aumenta a biodiversidade regional. Ao mesmo tempo que existem essas espécies que necessitam de áreas abertas, existem as que necessitam de áreas fechadas, onde não pega fogo com tanta frequência. Por isso, a necessidade de se conservar áreas abertas e fechadas, e de forma alguma, colocar fogo em qualquer lugar.

Problemas

O que nós, seres humanos, temos feito é alterar a natureza das queimadas. Temos colocado fogo com mais frequência e muitas das vezes, no final da época seca. Durante esta época, temos umidade do ar mais baixa e capim mais seco, ocasionando assim, queimadas mais intensas se compararmos com queimadas naturais. As queimadas naturais ocorrem em épocas de chuvas, iniciadas devido raios e, no mínimo, de 4 em 4 anos. Nestes períodos, a chuva se encarrega de apagar as queimadas e assim, suas extensões são bem menores do que as de atualmente.

Então podemos concluir, que fogo frequente e nas estações secas, empobrece o solo e altera o ciclo natural e queimada natural é importante para que a alta biodiversidade do Cerrado seja mantida.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Você tem alguma dúvida ou precisa de nossos serviços?

Fale conosco!
Olá! Como podemos ajudar?